27 de junho de 2016

Os caracóis do tio Lito


Olá Mary & Mom,

 não sei se são os caracóis do tio Lito, se é por ser o mais bonito da família ou porque é um dos mais exímios contadores de estórias, o tio Lito sempre foi o preferido das tias e dos primos.
 Não conheci mais ninguém com caracóis na família que não o tio Lito e agora a pequena Sara.
 Mas adiante que não é desses caracóis que vos venho hoje falar. Acontece que o nosso tio Lito tem o dom de ser um belíssimo cozinheiro. Não tanto um cozinheiro de técnicas complicadas que transformam ingredientes em obras de nouvelle cuisine mas um cozinheiro que sabe comprar e escolher os melhores ingredientes para a sua cozinha - e quando digo os melhores não falo necessariamente dos mais caros -  e sabe realçá-los de formas bem simples e tradicionais. O melhor cabrito, as melhores sardinhas, achigã, borrego ou vitela barrosã. Se forem nabiças, ovas de polvo, grão ou caracóis, igual.
 Eu que nunca tive coragem de cozinhar caracóis em casa tive que lhe pedir a receita. E eu, na verdade, acho que ele aprendeu esta receita com o meu avô.

Ingredientes:
  • caracóis
  • água com fartura
  • dentes de alho
  • sal
  • malagueta
  • louro
  • casca de laranja
  • azeite
  • caldo knorr
  • orégãos
  • poejos ou hortelã da ribeira


Modo de Fazer:

1) Lavas bem (em sete águas), depois cozes sem sal com o lume muito, muito baixo até estarem todos saídos da casca...

2) Muda-los para outra panela onde pões : muitos dentes de alho esmagado com casca, sal, malagueta, louro,casca de laranja, 3 colheres de azeite, e 1 caldo knorr. Acabas de cozer....

3) Não esquecer dos oregãos e se tiverem poejo ou hortelã da ribeira também fica muito bom.

Et voilá,
bon apetit.

Sem comentários:

Enviar um comentário