7 de fevereiro de 2016

Borrachos de Carnaval

Olá Mary,

nem sabes o que perdeste em não estar cá hoje! 

 No Carnaval usa-se cá pelo Alentejo fazer regressar os fritos de Natal à mesa: os sonhos, as filhós, as azevias e os borrachos. Aliás, já não sei bem se os fritos doces não seriam originalmente típicos do Carnaval. Aquela velha história de vir primeiro o ovo ou a galinha.

 No nosso caso os borrachos faziam-se na casa da nossa bisavó por altura do Natal. Sendo muitas as mãos, a tarefa não era tão dura (não te passa pela cabeça o que seria uma pessoa sozinha amassar e fritar quase dois quilos de massa!).

 Hoje também "não teve dúvida". Fomos todos para a cozinha, sem excepção. Duas mãos para amassar, seis mãos para tender, quatro para fritar e duas para rebolar os borrachos no açúcar. Parece-te bem? 
 Era vê-los chegar ao azeite quente, ir ao fundo, fluar, borbulhar e inchar como se de uma dança se tratasse.

 Oxalá chegues a tempo de os provar.
Ingredientes:
  • 0.5 L de vinho branco
  • 250 g de banha de porco
  • 0.1 L azeite quente
  • 1 cálice de aguardente
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 Kg de farinha 
  • açúcar q.b.
  • canela em pó q.b.
Preparação:
  1. Num alguidar grande junta-se a banha, o azeite quente e o sal e bate-se muito bem.
  2. Adiciona-se o vinho e de seguida o fermento.
  3. Junta-se a farinha a pouco e pouco mexendo sempre. 
  4. Uma vez adicionada toda a farinha amassa-se,estende-se e corta-se a massa em pequenos discos com um círculo a menos ao meio.
  5. Colocam-se sobre uma toalha de mesa e tapa-se com um pano. 
  6. Fritam-se os pequenos anéis moldados à mão em azeite bem quente.
Passam-se então por açúcar e canela e estão prontos a comer.

 Bons Carnavais ;)
Sophia & Mom.

Sem comentários:

Enviar um comentário