12 de agosto de 2013

Burgers de Seitan e o Celeiro

 Olá Mary & Mom,

quando me dediquei às "artes" do vegetarianismo nesse longínquo ano de 1997 não havia nada do que se pode encontrar hoje nos supermercados dedicado à alimentação vegetariana. Havia legumes, claro, alguma variedade das verduras mais correntes, leguminosas usadas na cozinha tradicional portuguesa, os cereais do costume, por vezes nas suas versões integrais e sementes vendiam-se para dar de comer aos canários.

 Devem imaginar pois a minha alegria quando pela primeira vez encalhei com o Celeiro em Lisboa. Eu, que só tinha posto dente nuns bifes de soja secos e intragáveis abri a porta de um admirável mundo novo de pães de todas as formas e feitios, multicereais, salpicados com sementes variadas e frutos secos, seitan, tofu, pastéis vegetarianos saborosíssimos e uns burguers magníficos, simples que eram um consolo para a alma.

 Agora que, por força da distância, já não consigo ser cliente do Celeiro tentei relembrar esses belos burguers de seitan em casa numa versão muito própria. Espero que gostem.



Ingredientes:

  • 250g de seitan
  • 1 cebola pequena
  • 2 dentes de alho
  • pão ralado q.b. (também conhecido como "farinha de rosca")
  • margarina vegetal ou manteiga e azeite (2 a 3 colheres de sopa de cada)
  • sal e pimenta q.b.
  • molho de soja q.b.
  • 1 cenoura ralada ou amêndoas picadas, ou salsa picada, ou sementes de sésamo, ou queijo ralado (facultativo)


Modo de Fazer:

1)
Corta-se o naco de seitan aos cubinhos e prepara-se uma marinada com o seitan, a cebola, o alho, sal, pimenta, um ingrediente extra para dar sabor (neste caso usei cenoura ralada e salsa picada) e uma quantidade generosa de molho de soja. Deixa-se a repousar para ganhar sabor.



2) Numa frigideira coloca-se uma colher de sopa de gordura sólida, que pode ser manteiga ou margarina, e um fio de azeite e deixa-se aquecer. Dá-se uma ligeira fritura aos ingredientes, bem escorridos do molho de soja.


3) Quando estiver cheiroso e com um aspecto cozinhado, mas não demais, apaga-se o lume e mói-se tudo no robô de cozinha até ficar bem picadinho e homogéneo.

4) Amassa-se o picadinho resultante com as mãos e molda-se para ficar com o formato de um hamburger.


5) Passam-se os burgers por pão ralado e grelham-se numa frigideira ou chapa anti-aderente. Pode igualmente fazer-se no forno.



Quando faço quantidades maiores coloco parte dos burgers em cru, isto é, já passados por pão ralado mas não grelhados, numa caixa plástica, e congelo para fazer noutras ocasiões.
 Também uso este picadinho de seitan para rechear pastéis à espanhola, que ficam lindamente assim recheados.

À semelhança de quaisquer outros hamburgers estes são muito versáteis e acompanham bem com uma série de coisas, desde a bela da batata frita, ao arroz, salada, no pão, à mão, com ketchup ou com molho chutney.

Bom apetite,
Sophia.

Sem comentários:

Enviar um comentário