7 de maio de 2013

Arroz de Farinheira


Olá Mary,

esta receita é para ti e para os nossos amigos estudantes.
 Inventei-a quando ainda estudava para aproveitar alguns restos de legumes que tinha no frigorífico, meio murchinhos e acontece que resultou bastante bem.

 É mais fácil do que aparenta. O ponto critico é a cozedura do arroz, que não deve ficar muito rijo nem empapado, mas respeitando a proporção água/arroz e tendo alguma atenção ao tacho corre tudo bem.
 É uma maneira agradável de consumir legumes e constitui um prato único.

 Podes fazê-lo com farinheira tradicional ou com farinheira de soja e neste último caso fica um excelente prato vegetariano.
 Espero que gostes.

Ingredientes:
  • 1 farinheira (de porco ou de soja, conforme o vosso gosto ou a vossa filosofia de vida)
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • meia couve pequena
  • 2 ou 3 cenouras (usei das roxas)
  • 1 nabo ou 3 pezinhos de aipo
  • 1 courgette pequena
  • 2 tomates maduros (facultativo)
  • 1 chávena de arroz
  • azeite q.b. 
  • piri-piri (facultativo)
  • sal q.b.
  • 3 chávenas e meia de água ou caldo de legumes, se o desejarem (podem substituir a meia chávena por vinho branco, que também fica bem)


Modo de Fazer:

1) Prepara-se um refogado com a cebola picada, o piri-piri e os dentes de alho esmagados.



2) Pica-se a farinheira com um garfo para que solte o seu sabor e, eventualmente, rebente e se misture durante a cozedura com o arroz.


3) Coloca-se a farinheira inteira no refogado e tapa-se a panela.

4) Cortam-se as cenouras e a courgette às rodelas, o tomate e o nabo aos cubinhos e a couve em juliana grosseira. Juntam-se ao refogado e deixam-se cozinhar um pouco com o tacho tapado.


5) Acrescenta-se a água quente ou o caldo e deixa-se ferver.
6) Quando a água entra em ebulição acrescenta-se o sal e o arroz. Deixa-se cozinhar com o tacho meio destapado até o arroz se apresentar cozido, mas malandrinho, isto é, com um pouco de caldo.

 Uma palavra sobre o sal: especialmente se usarem farinheira de porco, o sal que terão que acrescentar não é muito, pois este enchido já costuma ser rico em sal e dá muito sabor ao arroz.

Bom apetite,
Sophia.

2 comentários:

  1. Adoro farinheira e esse arroz ficou bem cremoso e saboroso.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/p/passatempos.html

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, Susana. :)
    Espero que experimentes e gostes. É um bom uso para uma farinheira.
    Bjinhos.

    ResponderEliminar