22 de setembro de 2012

Carbonara de salmão


Querida Mary e amigos estudantes:

Esta é uma receita muito saborosa e nutritiva, fácil e nem por isso muito dispendiosa.
A carbonara é uma receita tradicional italiana que é feita habitualmente com toucinho fumado. Neste caso, e para a tornar diferente e mais saudável, substituí o toucinho fumado por salmão fumado.
Não se assustem com a lista de ingredientes. A maior parte são ingredientes que temos na despensa, ou que se podem adquirir facilmente e que se conservam em casa durante bastante tempo e podem aproveitar para usar noutras receitas.
O salmão tem fama de ser um peixe dispendioso, mas em geral podem encontrar salmão fumado de marcas brancas por preços muito em conta, na maioria dos supermercados. Enriquece o prato em sabor, em proteínas e em gorduras boas ( mono e polinsaturadas).
O esparguete, por seu lado, vai fornecer hidratos de carbono complexos que oferecem saciedade e energia durante várias horas e, se usarem a versão integral (igualmente saborosa), ainda fornece fibras que melhoram o trânsito intestinal.
Os cogumelos são pobres em calorias, mas enriquecem o prato em proteínas e fibras.
Para quem tem excesso de peso ou de colesterol recomendo o uso de natas light ou natas de soja, respectivamente, e em menor quantidade.
Com estas quantidades devem obter aproximadamente quatro refeições. Depois de preparado, podem deixar arrefecer e guardar numa caixa plástica no frigorífico. Conserva-se bem durante uma semana.

Precisam de:
  • 200g de esparguete integral (ou do outro), aproximadamente
  • 1 pacote de natas (200mL)
  • 1 lata pequena de cogumelos laminados
  • 1 pacote de 100g salmão fumado (ou uma posta de salmão cozido ou grelhado, se tiverem restos para aproveitar)
  • 1 ou 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de margarina
  • sal q.b.
  • pimenta q.b.
  • cebolinho (opcional)
  • 1 colher de chá de óleo (opcional)
Coze-se o esparguete em água a ferver, com sal e 1 colher de chá de óleo vegetal (opcional), durante cerca de 7 a 10 minutos.
Noutro tacho coloca-se o azeite, a margarina (se não tiverem os dois podem usar só azeite ou só margarina) e o alho picado e leva-se a lume brando para aquecer as gorduras e dourar o alho.
Acrescentam-se os cogumelos e a pimenta e deixa-se fritar ligeiramente (4 ou 5 minutos).


Adiciona-se o salmão cortado às tirinhas (ou desfeito com as mãos, sem peles nem espinhas, se aproveitarem algum resto) e deixa-se cozinhar mais 2 ou 3 minutos, mexendo de vez em quando para não colar ao tacho.
Acrescentam-se então as natas e tempera-se este molho com sal a gosto. Tapa-se o tacho e deixa-se cozinhar mais uns minutos, sempre em lume brando.
Entretanto o esparguete deverá estar cozido. Apaga-se o lume da cozedura do esparguete e escorre-se a água.

Adiciona-se o esparguete cozido e escorrido ao molho de natas, no outro tacho, envolvendo-o com uma colher de pau. Poderão acrescentar um pouco de cebolinho picado, se desejarem e tiverem à mão.

Apaguem o lume e está pronto a servir.


Bom apetite.

Valor energético aproximado:
168 kcal / 100g

Sem comentários:

Enviar um comentário