25 de março de 2017

Risoto de cogumelos variados


Olá,

Receber um presente de cogumelos é excelente. Embora não tivesse sido eu a receber este invejável presente calhou-me a mim cozinhá-los e comê-los também :)

Ora bem, sendo exemplares jovens, todos pequenos a opção pelo risoto era inevitável.

Ficou riquíssimo.


Ingredientes (para 8)

  • 1kg de cogumelos variados - morquelas, trombetas da morte, cantarelos-tubo e cantarelos-amarelos (ou outros que podem ser fatiados se forem exemplares grandes)
  • 0,5L de arroz carolino ou de risoto (2 canecas)
  • 5 dentes de alho
  • 0,1L de azeite + 2 colheres de sopa
  • 1,5L de caldo de carne ou de legumes devidamente temperado 
  • 0,2L de vinho branco de mesa
  • 1 folha de louro
  • sal q.b.
  • parmesão q.b. para ralar

Preparação
  1. Limpar os cogumelos com folha de papel de cozonha ou um pano húmido (nunca mergulhar em água para não ensoparem),
  2. Em 2 colheres de azeite, laminar 1 dente de alho e após aquecer levemente, cozinhar ligeiramente os cogumelos, neste. Finalizar com uns salpicos de sal e reservar,
  3. Num tacho amplo colocar os 4 destes de alho esmagados com o azeite e levar ao fogão,
  4. Em estando quente, fritar nele o arroz durante 3 minutos, mexendo sempre, refrescar com o vinho e posteriormente com o caldo de carne, aproximadamente durante 8 minutos, sempre em pequenas porções à medida que vai secando, 
  5. Juntar finalmente os cogumelos e o queijo parmesão ralado permanecendo durante 1 minuto no fogão,
  6. Serve-se de imediato e sugere-se o acompanhamento com uma salada de agrião.
Bom apetite 😏

bjs
Mom



13 de março de 2017

Pães de Deus

Hi babes,

Estas tardes cinzentas e meio chuvosa deixam-nos tempo livre e apetite para bons lanches.
 Vamos por mãos à  obra durante a manhã para fazer um desses lanches maravilhosos a que os dias cinzentos nos convidam ;)

Hoje saem Pães de Deus!


Ingredientes para 10 a 12 pães

massa
    • 500g. farinha sem fermento
    • 25g fermento em barra
    • 0,25L leite
    • 50g. manteiga
    • 150g. açúcar
    • 1 ovo batido
    • uma pitada de sal
cobertura
    • 1 ovo
    • 3 colheres de sopa de côco
    • 1 colher de sopa de açúcar
    • açúcar em pó para polvilhar
Preparação
  1. Derreter a manteiga no leite e deixar arrefecer até ficar apenas morno,
  2. Desfazer aí o fermento e adicionar-lhe o açúcar, o ovo e o sal,
  3. Juntar a farinha e amassar até ficar homogeneisada a massa,
  4. Cobrir com um pano e deixar fermentar durante 2 horas.
  5. Ligar o forno a 200ºC
  6. Tender as bolas, colocá-las no tabuleiro do forno previamente coberto com papel vegetal e deixar repousar por meia hora.
  7. Entretanto juntar todos os ingredientes da cobertura e misturá-los para obter uma pasta.
  8. Pintar os pães com ovo batido e cobrir cada uma com 1 colher do creme de cobertura.
  9. Levar ao forno durante 25 minutos até ficarem tostadinhos.
  10. Polvilham-se com um pouco de açúcar em pó en quanto quentes.
Bons pequenos almoços e lanches.
Bjs
Mom

19 de fevereiro de 2017

Chutney de Piri piri


Olá,

Temos uma prima que vive no Brasil que nos visita anualmente e nos traz invariavelmente presentes.

Há alguns anos trouxe-nos diversas malaguetas cujas sementes pusémos na terra e que originaram apenas um arbusto de malaguetas dedo-de-moça que dá poucas mas umas grandes malaguetas!

Há no nosso quintal um outro arbusto de malaguetas  muito pequeninas, vulgarmente chamado piri piri a que vamos dar uso nesta receita porque está carregadinho.

Para quem gosta de acompanhar  um queijo ou um assado com um chutney, aqui fica este de piri piri.



Ingredientes
  • 1 chávena de malaguetas
  • 1 chávena bem cheia de açúcar mascavado
  • 1 chávena de vinagre de maçã
  • 1 colher de sopa de semente de coentros esmagadas
  • 2 bananas cortadas às rodelas
Preparação
  1. Lavar e secar as malaguetas
  2. Usando luvas, partir as malagueta em pedacinhos (pode retirar-se as sementes para ficar menos picante)
  3. Colocar todos os ingredientes, excepto as bananas, a ferver em baixa temperatura durante 1:30 horas 
  4. Adicionar as bananas e deixar ferver durante mais 30 minutos.
  5. Verter num pequeno boião esterelizado, tapar e manter o boião com a tampa para baixo até arrefecer.


5 de fevereiro de 2017

Maçapão para um Queijo Conventual e um concerto de Natal





Este Natal houve um doce conventual feito cá em casa.

Há poucos dias dizia uma colega de trabalho que com muito pouco trabalho podia fazer-se um Queijo Conventual . Como? Fazendo apenas a maçapão.

Os ovos moles, o doce de gila e as trouxas de ovos podem comprar-se numa pastelaria!

Foi justamente o que fiz....

Ingredientes
  • 0,5kg de amêndoas finamente moídas
  • 0,5 kg  de açúcar
  • 0,2L água 
  • 2 claras
  • 6 Trouxas de Ovos (comprei na Pastelaria Luís da Rocha)
  • 0,5kg de Doce de Gila
  • 1 chávena de café de Ovos Moles (aprox.)
Preparação
  1. Misturar o açúcar com a água e colocar ao lume até obter um ponto leve.
  2. Juntar a farinha de amêndoas e mexer até homogeneizar.
  3. Deixar arrefecer e amassar juntando as claras aos poucos (reservando um pouco destas para o processo de moldagem) até  obter uma massa moldável e seca (se necessário ir molhando as mãos na clara para evitar que se cole a massa).
  4. Dividir a massa em três porções iguais e reservar uma delas envolvida em film de cozinha.
  5. Moldar dois discos iguais com aproximadamente 15cm de diâmetro e 1cm de espessura para a base e o toposto do queijo. Com a terceira porção moldar uma tira com 48 cm de comprimento e 3 de largura.
  6. Montar a tira encostada ao disco, que será a base do queijo, molhando os dedos na clara de ovo para a caixa do queijo ficar bem selada e capaz de rechear.
  7. Rechear com camadas alternadas de trouxas de ovos desenrolado e doce de gila esfarrapado e por último os ovos moles. Finalmente colar a tampa do queijo, molhando os dedos na clara de ovo, e colocar-lhe uma tira de gaze impregnada de clara toda à volta.
Haja muita gente para partilhar a doçura e a alegria desta aventura.

Bjs
Mom