23 de setembro de 2016

Costas alentejanas sem lactose


Olá Mary and Sophia,

A proposta é preparar alguns lanches para a nossa Rita que está a iniciar a sua vida académica no 1º ano do básico. Um lanche de fruta e o outro de "costas", parece-me bem...

A versão original das costas alentejanas tem requeijão ou tem leite... mas como há por cá quem goste  e não possa comer estes ingredientes, ensaiei estas sem lactose que ficaram bastante recomendáveis.

Vamos a elas!



Ingredientes:
  • 200g de flocos de aveia integrais demolhados por 1h em 0,25L de água 
  • 300g de farinha de trigo sem fermento 
  • 200g de banha de porco ( de preferência preto) ligeiramente amolecida
  • 250g de açúcar 
  • 25g de fermento fresco (em barra)
  • 1 gema para pintar
  • (opcional a adição de sementes e/ou de passas - 50g)
Preparação:

  1. Espremer a aveia e reservar esta água (leite de aveia),
  2. Dissolver o fermento nesta água e reseervar,
  3. Num recipiente pesado, o ideal seria num alguidarinho de barro, fazer um monte de farinha (com as passas e as sementes se for a opção) com uma covinha no cimo onde se verte a banha derretida e o fermento dissolvido. Amassar. 
  4. Juntar os flocos de aveia e o açúcar. Continuar a amassar até a massa se descolar das mãos e do recipiente.
  5. Cobrir o recipiente com filme de cozinha e deixar fermentar no mínimo por 2 horas (melhor seria se podesse ficar da noite para o dia seguinte).
  6. Ligar o forno a 200ºC
  7. Dividir a massa em 14 bolas e colocá-las nos tabuleiros do forno péviamente polvilhados com farinha. Achatar ligeitamente cada bola e com a tesoura fazer 5 cortes na periferia. Piltálar com a gema do ovo batida e deixálas repousar no mínimo por 15 minutos.
  8.  Levar cada tabuleiro ao forno durante aproximadamente 20 minutos (com calor por baixo e por cima) para as costas ficarem douradinhas e sem o solo queimado)
Bons lanches para a minha querida Rita e muitos desejos de uma boa escola.

mom





18 de setembro de 2016

Massinhas com camarão da Ti Ana



Olá Mary & Mom,

 quando vivi no Algarve tive a oportunidade de conhecer muitas pessoas e de fazer muitos amigos. Alguns ainda conservo, outros nunca mais os encontrei pelas voltas que a vida dá.

 Um dia, há muitos anos atrás - ainda morava em Monchique - a minha amiga Ana levou-me a jantar a casa de uma senhora amiga a quem chamavam a ti Ana. A ti Ana era uma ótima cozinheira ou não fosse ela cozinheira de profissão. Sabendo que eu era qualquer coisa como "semi-vegetariana", fez-nos este belo petisco que aqui tento mimetizar e que tem tanto de simples como de bom.


Ingredientes:

  • 90 mL azeite 
  • 1 cebola (picada ou em meias luas)
  • 3 dentes de alho laminados
  • 250g brócolos em raminhos
  • 250g feijão-verde às tirinhas
  • 250g cenoura às rodelas ou tirinhas finas
  • 1 alho-francês às rodelas ou tirinhas finas
  • 3 tomates aos cubinhos
  • 0,5 a 1 kg camarão descascado
  • sal e pimenta q.b.
  • 400g esparguete integral


Modo de Fazer:

  1. Faz-se um refogado com o azeite, a cebola e o alho.
  2. Adicionam-se os legumes descascados e cortados e deixam-se estufar.
  3. Entretanto coze-se a massa em água e sal.
  4. Quando os legumes estiverem macios (mas não moles) adiciona-se o camarão
  5. Junta-se a massa e os legumes numa travessa e leva-se ao forno a gratinar.
Bom apetite,
Sophia.

3 de setembro de 2016

Pavlova com Chocolate Branco e Mirtilhos num dia de infernal calorina




Hi Mary e Sophia,

Previsão meteorológica para amanhã 43ºC por cá!

Esta sobremesa e o salame de chocolate são complementares e comem-se ambos do melhor que há geladinhosnestes dias tão quentes, o salame usa as gemas e a pavlova usa as claras.

Hoje coloquei o forninho cá fora no quintal para não aquecer tanto a cozinha...




Ingredientes:

Bolo
  • 8 claras
  • 300 g açúcar branco (em pó preferencialmente)
  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã
  • 2 colheres de sopa de amido de milho (maisena)
Cobertura
  • 100 g de chocolate branco derretido 
  • 200 g de queijo creme (Philadelphia)
  • 3 colheres de sopa de manteiga ligeiramente amolecida


Preparação

  1. Aquecer o forno a 120ºC
  2. Forrar o tabuleiro do forno (ou uma chapa metálica) com papel vegetal; 
  3. Bater as claras em castelo (com a batedeira numa velocidade baixa no início do processo), adicionar o vinagre e o açúcar previamente misturado com a maisena, batendo sempre lentamente até estarem bem firmes;
  4. Verter sobre o tabuleiro moldando a massa com uma ligeira cova no cimo;
  5. Levar a cozer durante 30 minutos. Desligar o forno e deixar arrefecer durante umas horas dentro do forno, com a porta entreaberta.
  6. Derreter o chocolate partido em pedacinhos com 1 colher de sopa de manteiga no microondas e mexer bem até homogeneizar e reservar;
  7. Bater o queijo e a restante manteiga com a batedeira até ficar fofo e aí juntar o chocolate, continuando a bater; 
  8. A cobertura pode ser preparada já e conservada no frigorífico até a pavlova estar arrefecida;
  9. Verter delicadamente sobre a pavlova, alisar e encimar generosamente com os mirtilhos.

Boas sobremesas minhas doçuras,
Bjocas
Mom





21 de agosto de 2016

Arroz de choco vermelho e negro na companhia de rissóis caseiros

Hi Mary e Sophia,

Estava eu a ver televisão um destes dias quando dei com uma reportagem onde aparecia um arroz de choco preto, como o nosso. 

Achei que deveria partilhar a nossa receita.

Aqui fica, então ;)



Ingredientes para 6 pessoas :

  • 3 dentes grandes de alho
  • 200 g. de chocos pequeninos com tinta
  • 6 pernadas de coentros
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de caril
  • 1 cebola
  • 2 pimentos vermelhos descascados
  • 1 chávena de arroz carolino
  • 3 chávenas de água
  • 1 colher de sopa de ketchup


Preparação:


  1. Colocar os alhos partidos às rodelas em 2 colheres de sopa de azeite a cozinhar até  começar a libertar aromas. 
  2. Adicionar os choquinhos e tapar, deixando ao lume durante 10 minutos. Antes de apagar juntar os coentros picados e reservar.
  3. Noutro tacho aquecer 3 colheres de sopa de azeite com o caril até  começar a libertar o aroma deste.
  4. Juntar a cebola picada a refogar neste azeite, juntamente com o pimento sem pele e partido às tririnhas.
  5. Adicionar a água até ferver e finalmente o arroz.
  6. Quando estiver quase cozido (aprox. 7 minutos) adicionar o ketchup, os restantes coentros e os choquinhos com o seu molho, tendo o cuidado de retirar previamente os ossos dos chocos.
  7. Verificar se carece ou não da adição de sal, antes de retirar do fogão (este não precisou).

Bons pratos, neste verão.
Mom